Caixa de texto: Seu ponto de encontro na web                                                                         www.cantao.net
Caixa de texto:        Manchetes
       On-line

Pão à mesa é sinal de dieta saudável

As opções são muitas: escolha bem e afaste a fome por mais tempo. Pão integral, preto, light e tradicional são só algumas das muitas personalidades incorporadas por este alimento tão presente na mesa dos brasileiros. Em meio a tanta variedade, você se pergunta qual é a melhor versão para você atingir seu objetivo, seja ele o de regular o intestino, controlar as calorias do cardápio ou aumentar a ingestão de determinado nutriente.

Para acabar com todas as dúvidas que surgem diante das prateleiras, a responsável pela equipe nutricional do Minha Vida, Roberta Stella, destaca as características nutricionais dos principais tipos de pães e aponta quais são as apostas mais vantajosas para você.

 

Pão preto: entre os ingredientes que resultam neste pão, a farinha de trigo integral e a farinha de centeio se sobressaem. Por serem compostas por carboidratos complexos, elas aumentam a sensação de saciedade. Calorias por fatia: 70 kcal .

 

Pão integral: a composição do pão integral é bastante variável isso mesmo, ele se subdivide em outras categorias. Existe no mercado o pão 100% integral, feito somente com farinha integral, e o pão integral que vem da mistura de farinha refinada com integral. Para desvendar o mistério e escolher o seu preferido, basta checar os rótulos. Nutricionalmente falando, os pães feitos com farinha integral são os mais indicados. Calorias por fatia: 53 kcal .

 

Pão de aveia: a aveia em flocos, presente na composição, é rica em carboidratos complexos. Por isso, torna-se aliada de quem quer saciar a fome com porções menores. Mais uma vantagem da aveia é que ela é uma ótima fonte de fibras, nutriente essencial para o bom andamento do intestino. Calorias por fatia: 58 kcal .

 

Pão de centeio: em vez de farinha de trigo, esse pão leva a farinha de centeio em sua receita. Assim como o trigo e a cevada, o centeio é um grão. E rico em fibras, tornando o pão em mais uma alternativa para combater a prisão de ventre. Calorias por fatia: 61 kcal

 

Pão light: quando o pão recebe esta denominação é porque é isento ou apresenta baixa quantidade de açúcar e óleo vegetal. Apesar deste fator favorável à saúde, a diferença de calorias nem sempre é expressiva. Calorias por fatia: 35 kcal

 

Pão de fôrma tradicional: feito somente com farinha de trigo refinada, esta versão do pão tem uma rápida absorção pelo organismo e, por isso, a saciedade que ele proporciona é menor. Calorias por fatia: 65 kcal

 

Pão de iogurte: ele apresenta farinha integral e leite fermentado em sua composição. A combinação resulta em um pão leve e com um sabor levemente adocicado.Calorias por fatia: 47 kcal 

 

Pão de soja: além da farinha integral, o pão apresenta flocos e grãos de soja na composição. O consumo é uma boa alternativa para mulheres que enfrentam a menopausa e querem contar com a soja como aliada, já que o alimento é rico em fitoestrógenos e funcionam como um hormônio natural. Calorias por fatia: 35 kcal 

 

Pão de linho: as sementes de linhaça dão um toque especial a esse tipo de pão. Por ser um alimento rico em antioxidantes, como ômega-3 e ômega-6, a linhaça atua na prevenção de doenças cardiovasculares. Calorias por fatia: 49 kcal

 

Pão 7 grãos: semente de girassol e de linhaça, flocos de aveia, de centeio e de soja dão variedade de grãos a este pão. A combinação faz com que a saciedade seja obtida mais rapidamente e aumenta o tempo de esvaziamento gástrico, fazendo a sensação de fome ser retardada. Calorias por fatia: 54 kcal

 

Depois da análise dos rótulos, tire as últimas dúvidas

 

Se, mesmo conhecendo as características nutricionais dos pães, você ainda está em dúvida sobre qual versão pôr no carrinho, a nutricionista do Minha Vida esclarece mais algumas questões.

 

Quem está de dieta deve preferir o pão integral ou o light?

 

A variedade de pães realmente faz o consumidor ficar confuso na hora de optar por um deles , tranqüiliza Roberta. Ela garante que as melhores opções para quem está de olho na balança são os pães que apresentam farinha integral e grãos em suas composições, não necessariamente os light.

 

Pães feitos com farinha integral e ricos em grãos oferecem uma quantidade maior de carboidratos complexos, se comparados com as versões tradicional e light , explica. Como ressaltado pela especialista, os carboidratos complexos estão relacionados à maior ingestão de fibras e garantem que a fome não volte a te visitar tão cedo.

 

 Por não apresentarem uma redução calórica significativa, os pães light nem sempre são as escolhas mais acertadas para quem quer emagrecer. Além disso, quem busca por fatias com menos calorias, pode escolher pães com menor qualidade nutricional.

 

Pães light com taxas zero de açúcar e gorduras e que contenham farinha integral e grãos são ótimas opções para os diabéticos, por exemplo, faz a recomendação.

 

A nutricionista esclarece que estes pães fazem com que a glicemia aumente aos poucos, fator importante para quem tem problemas com a produção de insulina (hormônio responsável por retirar o açúcar no sangue).

 

A quantidade de calorias deve ser determinante na escolha? Segundo a especialista do Minha Vida, embora muitos consumidores se baseiem somente na quantidade de calorias, a alimentação não se restringe só a este fator. Por isso, os rótulos devem ser bem analisados e, inclusive, comparados .

 

Gorduras, sódio e fibras são nutrientes que merecem atenção na hora da compra. Quanto maior a quantidade de fibras e menor a quantidade de sódio e gorduras, principalmente as saturadas, melhor , ensina.

 

( Fonte: http://msn.minhavida.com.br/ )